Refinanciamento Imobiliário

Refinanciamento Imobiliário

Esse vídeo é para você que já possui um imóvel próprio, quitado, e busca capital de investimento e precisa de um financiamento imobiliário para te gerar esse dinheiro dando o seu imóvel como garantia do empréstimo.

Hoje você vai aprender sobre:
– como funciona um Refinanciamento Imobiliário
– qual a documentação necessária
– qual a diferença entre Portabilidade e Refinanciamento.
– quais os valores a serem pagos nessa operação,
– quais os benefícios que você pode conseguir fazendo esse tipo de empréstimo bancário,

refinanciamento imobiliário

Refinanciamento Imobiliário

Hoje vamos estudar como funciona o empréstimo com garantia de imóvel esta é uma opção para quem busca capitalizar valores mais altos, pagando taxas com juros mais baixos e com maiores prazos de pagamento.

De forma resumida, esse tipo de operação requer que o cliente coloque o seu imóvel como um lastro ao banco, uma garantia de pagamento para o caso de inadimplência.

Apesar das vantagens, sobretudo os juros menores, o empréstimo com garantia de imóvel envolve riscos: o de perder o bem.

Por isso, o planejamento financeiro é crucial antes de optar pela modalidade.

Para você tomar uma decisão assertiva, antes, é preciso entender como funciona o empréstimo com garantia de imóvel e quais são os riscos e benefícios. 

O que é empréstimo com garantia de imóvel

Empréstimo com garantia de imóvel é uma modalidade em que o tomador de crédito coloca um imóvel como garantia de pagamento à instituição financeira em caso de inadimplência. 

Imóveis residenciais e comerciais podem ser utilizados como garantia desse tipo de empréstimo: casa, apartamento, sala comercial ou até mesmo um galpão (caso seja aceito pelo banco) como lastro.

Ao contrário do empréstimo com garantia de veículo, na garantia de imóvel, o bem não precisa estar quitado e pode ser vendido antes do término do pagamento da dívida, apesar de o processo ser um pouco diferente do que ocorre normalmente.

Essa modalidade de crédito é possível por meio da alienação fiduciária, que é o processo de transferência provisória do imóvel para o banco até que a dívida seja quitada.

O cliente continua sendo o proprietário do bem, mas, caso fique inadimplente, a instituição financeira pode leiloar o imóvel para obter o pagamento. 

Apesar do risco, o empréstimo com garantia de imóvel tem benefícios: taxas de juros mais baixas e prazos de pagamento maiores.

Os juros reduzidos são possíveis porque, uma vez que o cliente transfere um bem como garantia de pagamento, o banco tem maior confiança ao oferecer o crédito.

Existe empréstimo com garantia no Brasil? 

Sim, o empréstimo com garantia de imóvel existe no Brasil, parece engraçada essa pergunta, mas é que este tipo de financiamento é muito conhecido nos Estados Unidos. O Home Equity, como é chamada essa operação de crédito.

Esse tipo de empréstimo é  realizada tanto por bancos tradicionais quanto por fintechs e essa possibilidade existe justamente devido à alienação fiduciária. Ela está descrita na Lei nº 9.514, de 20 de novembro de 1997.  Mas foi somente a partir de 2008 que a modalidade começou a ser oferecida aqui no Brasil e ainda é bem pouco comum.

Empréstimo com garantia de imóvel vale a pena?

O empréstimo com garantia de imóvel é uma opção interessante para quem deseja obter valores mais altos de crédito com taxas de juros menores e prazos de pagamento maiores.

Na modalidade, é possível obter até 60% do valor do imóvel. As taxas de juros são um dos atrativos do empréstimo com garantia de imóvel. Principalmente no longo prazo, essa é uma importante vantagem para o tomador de crédito, que acaba pagando menos pela operação. Além disso, o dinheiro pode ser usado para qualquer finalidade, sem a necessidade de o cliente se justificar para o banco.

Portanto, pode ser aplicado na abertura de um negócio, para fazer um investimento ou quitar dívidas com altas taxas de juros, por exemplo. Mas a modalidade também oferece risco: o de perder o imóvel. Isso porque, em casos de inadimplência, o banco tenta fazer renegociação de dívida. 

Se um acordo não for alcançado ou não for cumprido, ele tem direito a tomar o imóvel como pagamento e leiloá-lo. Então, o planejamento financeiro se torna indispensável para você saber se o empréstimo com garantia de imóvel é realmente vantajoso para o seu caso.

Afinal, você precisa ter certeza de que conseguirá pagar todas as prestações em dia, o que demanda uma análise da sua renda e despesas mensais, então a sugestão que te dou é que só use esse tipo de financiamento se o dinheiro recebido for utilizado pera um investimento ou quitar um dívida de juros mais altos.

Dicas e Orientações

Aqui em nossas atividades eu vejo o Refinanciamento imobiliário sendo bem utilizado quando nosso cliente usa esse valor recebido na compra de um segundo imóvel que alugado paga as suas prestações ou quando é utilizado para comprar um outro imóvel que o cliente paga aluguel.

Essa segunda situação é bem comum quando o cliente refinancia seu imóvel para comprar sua sala comercial ou a loja onde sua empresa funciona. Geralmente os médicos, dentistas, advogados e outros profissionais liberais realizam bons negócios ao fazer um refinanciamento imobiliário.

Outro público que faz bom negócio com o refinanciamento imobiliário, são os investidores que usam esse dinheiro para comprar um imóvel de leilão, que é bem abaixo do preço de mercado, fazem uma pequena reforma e colocam à venda algum tempo depois e com esse lucro quitam o novo financiamento e ainda lucram um bom dinheiro.

Também já vi o refinanciamento imobiliário ser bem utilizado na quitação de dívidas, o principal motivo é que os juros dos cartões de crédito, de empréstimos pessoas e empréstimos para pessoas jurídicas são mais altos que os juros aplicados no financiamento imobiliário e assim você quita suas dívidas pagando menos juros e economizando um bom  dinheiro.

Se depois de entender como funciona um Refinanciamento Imobiliário, você ainda quer saber mais.
Agende seu atendimento  com um Especialista,
Preencha o formulário disponível neste página e agendar o seu atendimento.

Nosso Blog – Enviar Sugestões 

O Poder da Pericia Judicial
Pericia Judicial
Leonardo Leão

O Poder da Pericia Judicial

O Poder da Pericia Judicial  A Pericia Judicial tem tanto poder que mesmo que o processo esteja em fase de finalização ele pode ser anulado, basta que seja identificado que a perícia de avaliação de imóveis seria necessária.   1 – Conceito Perícia é o meio de prova feita pela atuação de técnicos ou doutos

Read More »
IPTU Contribuição de Melhoria
Sem categoria
Leonardo Leão

IPTU Contribuição de Melhoria

IPTU Contribuição de Melhoria Uma das ações que poucas pessoas sabem que é possível mover contra o órgão público, é a ação de Revisão de IPTU, se você acredita que o valor cobrado está “caro” e deseja pagar menos impostos ou se seu imóvel vai ser desapropriado em breve, você precisa ler este conteúdo por

Read More »
Atos do Perito Judicial
Pericia Judicial
Leonardo Leão

Atos do Perito Judicial

Atos do Perito Judicial Do latim peritus – hábil, experimentado, do que sabe por experiência. O perito é uma pessoa versada ou entendida na ciência, arte ou ofício afeito a certos fatos da causa, a quem se atribui a função de examinar, quer para perceber ou constatar, quer para apreciar, fornecendo ao juiz elementos de

Read More »
Rolar para cima