Visitar Site

Perito Criminal ou Perito Judicial

Perito Criminal ou Perito Judicial a diferença entre esses profissionais é um assunto que sempre me perguntam então hoje vou explicar de forma simples quem é quem dentro dos trâmites da justiça, qual o papel de perito, sua função e sua importância.

 Quem é o Perito Criminal?

O perito criminal, é o responsável por coletar e analisar provas no esclarecimento de crimes, também é chamado de perito forense, é funcionário da Secretaria de
Segurança Pública do Estado ou da Polícia Federal. Para ser perito criminal, é necessário que o interessado tenha curso superior e realize concurso público.

O perito criminal é um servidor da Polícia ou da Justiça focado na investigação científica de crimes, chamada de investigação forense.

Seu principal trabalho é ir até o local onde podem ter acontecido as ocorrências e coletar provas que precisem passar por minuciosa análise com base em evidências científicas, comportamentais e demais meios de utilização legais.

Como há uma formação ampla para a profissão, o perito criminal pode investigar desde crimes com aplicação da violência como assassinatos, estupros e roubos ou investigações que envolvam fraudes em documentação, computadores, celulares e problemas fiscais.

A atenção aos detalhes é característica essencial a um perito criminal. Esse profissional não pode abandonar provas ou perder prazos para analisar suas coletas. Deve também cruzar testemunhos e ser cético diante de confissões ou juras de inocência.

 

Como se tornar um Perito criminal?

Para seguir carreira como perito criminal é necessário um curso superior. Mas não há um curso específico na área. Os concursos para perito criminal pedem titulação em Química, Engenharia, Ciências Contábeis, Psicologia, Medicina, Farmácia, Biologia, Bioquímica, entre outras.

Essa amplitude se justifica já que o perito criminal realmente pode ser requisitado em diversas investigações, cujos conhecimentos se aplicam a uma área específica.

Portanto, cabe ao interessado nessa profissão conhecer em qual área da perícia criminal ele se encaixa melhor e compreender que a graduação de nível superior não dará para ele formação específica para a profissão. Tendo ciência dessa lacuna, os institutos de criminalística oferecem aos aprovados em concurso público um curso voltado para a profissão, com suporte necessário para que o profissional tenha uma atuação de excelência.

 

Quem é o Perito Judicial?

O perito judicial é o responsável por coletar e analisar provas no esclarecimento de situações que exijam conhecimento técnico específico, o perito judicial, que não necessita realizar concurso ou estar associado ou mesmo registrado em qualquer órgão, oficial ou não.

Para ser perito judicial, é preciso curso superior ou técnico completo na área da perícia e ter realizado uma formação de perito, para que ele aprenda sobre a parte de legislação que lhe cabe. Ou seja: médicos fazem perícias de medicina; engenheiros, de engenharia; corretores de imóveis em imóveis, administradores, economistas e contadores, de cálculos financeiros e trabalhistas; e assim por diante.

É necessário também que o profissional seja registrado, e esteja em dia com o seu conselho regional de classe. Por exemplo: os engenheiros devem estar registrados no CREA; médicos, no CRM; Administradores, no CRA, corretores de imóveis no CRECI, e etc.

O modo de atuação do perito judicial é diferente do utilizado pelo perito criminal; as imposições são próprias de cada uma das funções, porém o caráter técnico-investigativo é igual.

O perito judicial é um auxiliar da justiça, conforme estabelece o Código de Processo Civil; o perito criminal, em geral, é um membro da polícia. Os dois são servidores
públicos; entretanto, o perito judicial é servidor público do tipo ad hoc, ou seja, designado, por se tratar de um perito, para executar determinada tarefa, e apenas aquela tarefa.

O perito judicial tem a função de dar ao magistrado o entendimento técnico necessário para que ele, o juiz, possa tomar sua decisão.

O perito judicial segundo o código de processo civil, é equiparado ao perito criminal, talvez por isso muitas pessoas se confundam com suas funções.

O perito judicial é remunerado através de honorários segundo seu órgão de classe e o perito criminal recebe seu salário como funcionário público

Tanto o perito criminal quanto o perito judicial possuem, fé pública e estão a serviço da justiça, o perito judicial veio para ajudar os casos em que os profissionais da lei precisam de orientações sobre assuntos técnicos específicos para serem justos em suas decisões.

 

 

Perito Criminal ou Perito Judicial

Espero ter te ajudado com o tema “A diferença entre Perito Criminal e Perito Judicial” mas caso ainda tenha dúvidas ou queira completar alguma informação, Fale Comigo, vai ser ótimo poder ajudar. Preencha  o Formulário que te respondo.

Bibliografia e Citações:
1 ABNT ( Associação Brasileira de Normas Técnicas);
2 IBAPE (Instituto Brasileiro de Perícias),
3 CRECI – COFECI Conselho Regional dos Corretores de Imóveis;

Leonardo Leão
Perito Judicial – RJ
Assistente Técnico em Pericias de  Avaliação Imobiliária.
Pericia Extrajudicial em Avaliação Imobiliária
Consultoria em Financiamentos Imobiliários

Perito Criminal ou Perito Judicial

Fale com um especialista!

Laudos Periciais de Avaliação Imobiliária
Pericia Judicial
Leonardo Leão

Laudos Periciais de Avaliação Imobiliária

Diversos Magistrados estão relatando problemas em Laudos Periciais de Avaliação Imobiliária. Esse período de grande mudança em todo o mercado imobiliário está deixando os Peritos Engenheiros e Arquitetos em grandes apuros no tocante a avaliação de imóveis, tanto para venda como para renovatórias de aluguel. O motivo é que esses profissionais foram capacitados no tocante

Leia Mais »
O Perito Judicial tem fé pública
Pericia Judicial
Leonardo Leão

O Perito Judicial tem fé pública

O Perito Judicial tem fé pública, ele  é o representante direto do juiz, tem o dever de executar seu trabalho com honestidade, ética e fazer o melhor possível com os recursos que ele tem na execução do seu laudo pericial. Contudo se ele deixar de agir da forme correta ele vai responder na justiça pelos

Leia Mais »
Qual a importância da Prova Pericial
Pericia Judicial
Leonardo Leão

Qual a importância da Prova Pericial? Saiba Mais

Qual a importância da Prova Pericial e qual a sua relevância dentro de um processo judicial é o tema que iremos esclarecer no dia de hoje. Leia este artigo e descubra mais informações. Com o advento do Novo Código de Processo Civil em 2015, a Prova Pericial ampliou sua importância nos processos jurídicos. E para

Leia Mais »
Rolar para cima